ZAPIANÇAS

 

zapiens:  entre imagens, perspectivas, estupores.

pessoas:  aqui (qualquer lugar),

                 agora (instante sem duração),

                 mente (formações), 

                 sentido (construção), 

                 respostas (perguntas).

 

(as fotos dessa série também compõem um fotolivro,  com intervenções poéticas de  Naila Rachid.)

(Esse trabalho e seu conceito  (Homo zapiens) foram produzidos sob o impacto  da leitura do livro “Razão de um Percurso”, dos psicanalistas  MD Magno e Nelma Medeiros (Ed. Novamente, 2015).

zap 01
monumento-Editar.jpg
Rio, favela-Editar.jpg
favela cristo A.jpg
100_0476a-Editar-2.JPG
20200124_230148-Editar.jpg
escada e aço-Editar-2.jpg
20181123_182559-Editar.jpg
máq_descreviver.jpg
igrejas na urbe-Editar-2.jpg
barco_tri_campeão_velho-Editar-2.jpg
Zapianças_1a.jpg
borderline-Editar.jpg
catete --Editar-2.jpg
casal de rua gloria-Editar-2.jpg
alugo gente 1-Editar.jpg
dani cola-Editar-2.jpg
da janela sp-Editar-2-2.jpg
indio negra bar-Editar.jpg
diabo olho de anjo-Editar-2.jpg
Drag Xuxa-Editar-2-2.jpg
dura na lapa 3-Editar.jpg
engrenagem_canhão_dentadura-Editar-2.jp
neymar jr-Editar.jpg
amor e tempo.jpg
artérias_galhos_ruinas.jpg
ray ruina 3.jpg
mar homem aves.jpg